Cidadeverde.com

STF prepara o desmonte da Lava Jato

O Brasil que foi às ruas pedir moralidade pública e o fim da corrupção assiste, estupefato, à movimentação do Supremo Tribunal Federal para desmontar o trabalho da Lava Jato. Os ministros da mais alta Corte do país trabalham deliberadamente para rever decisões e prisões impostas a réus condenados em pelo menos duas instâncias por desvio do dinheiro público.

Pela primeira vez na historia do Brasil, a população viu a elite econômica e política do país ser presa por embolsar o dinheiro que deveria ser destinado à educação, saúde e infraestrutura dos brasileiros. Quando a operação completou exatos cinco anos, já contabilizava 242 condenações, atingindo 155 pessoas e obtendo a devolução de R$ 2,5 bilhões à Petrobrás. Ainda há R$ 13 bilhões a serem recuperados para o Erário a partir de acordos de leniência firmados com a justiça.

Tudo ia correndo bem demais no curso da moralidade. Mas agora o Supremo entendeu que é hora de pisar no freio dessa escalada contra a corrupção e se prepara para votar, ainda este ano, uma série de medidas que pode revogar as prisões já decretadas, fazendo a festa dos corruptos.

Já tem gente solta por conta do entendimento de que o delatado deve falar depois do delator; o próximo passo é rever a prisão após a condenação em segunda instância. Pouco a pouco, vai voltando tudo aos moldes de antes, quando a pátria mãe era subtraída em tenebrosas transações. É hora de o povo acordar e voltar a ocupar as ruas batendo panelas.