Cidadeverde.com

Carta aberta ao presidente Bolsonaro

Senhor Presidente,

 

Talvez o senhor ainda não tenha percebido a relevância do cargo que ocupa, mas os cidadãos brasileiros, independente de terem ou não votado no seu nome, merecem ser tratados com respeito e dignidade pelo chefe da República. Afinal, o senhor ocupa o mais alto posto desta nação e o que faz ou diz tem repercussão direta sobre o país e seus habitantes.

O deboche e o escárnio não são comportamentos apropriados para um líder. A dignidade do cargo pede uma postura respeitosa, elegante e condizente com a função exercida. Mesmo que o senhor não tenha qualquer apreço pela imprensa, como já demonstrou inúmeras vezes, ela constitui-se pilar indispensável para o regime democrático, este mesmo regime que permitiu que o senhor, um deputado do baixo clero, pudesse chegar ao Palácio do Planalto.

Agora que o senhor subiu a rampa do Planalto, não dá mais para agir como o parlamentar de outrora, cujas ações passavam despercebidas. Com a faixa presidencial, o senhor representa uma nação inteira e isso exige uma enorme responsabilidade.

Convocar um humorista para distribuir bananas a profissionais que estão trabalhando honestamente não é só desrespeitoso, é uma avacalhação mais apropriada ao espaço de um circo. Peço encarecidamente ao senhor que não trate o cidadão brasileiro como palhaço, muito menos como macaco.

Nós que trabalhamos honestamente e pagamos os tributos que sustentam o seu salário e os dos seus filhos parlamentares merecemos um presidente que honre a faixa presidencial. Estamos fazendo os sacrifícios impostos à sociedade em nome do crescimento econômico, como os aprovados na Reforma da Previdência, enquanto aguardamos pela Reformas Administrativa e Tributária para ver nosso país voltar aos trilhos do desenvolvimento. Não estamos trabalhando para ver gracejos despropositados e fora de hora. A Presidência da República não pode se apequenar a esse nível.