Cidadeverde.com

Inscrições do Enem começam hoje e podem aumentar ainda mais a queda no isolamento social

Apesar de todos os protestos e pedidos de professores e estudantes para o adiamento das provas do Enem – Exame Nacional do Ensino Médio – que dá acesso a uma vaga nas universidades brasileiras, o Inep manteve o calendário original. As inscrições para o exame começam hoje e seguem até o dia 22 de maio. O candidato interessado deve fazer a inscrição pelo endereço eletrônico https://enem.inep.gov.br/participante e pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 85, até o dia 28 de maio nas agências bancárias, casas lotéricas e Correios. Este é outro ponto de preocupação. Com a necessidade do isolamento social, estimular a ida de milhares de estudantes a bancos e agências lotéricas, que já estão registrando aglomerações de pessoas por causa do pagamento dos R$ 600 do auxílio emergencial, representa um perigo adicional à propagação do vírus, justamente no período mais crítico da pandemia, quando o país registra mais de 11 mil mortes pela covid-19.

Desde o início da crise, foram muitos os pedidos para que a realização do Enem fosse adiada. Os estudantes das escolas públicas alegam, com justificada razão, que,  para eles, a realidade de aulas on-line é bem diferente da experimentada pelos alunos que estudam na rede particular de ensino. Em muitas casas da periferia brasileira, não há internet. Em outras, não há sequer um computador para que os alunos possam acompanhar o ensino à distância. Com isso, só aumenta o fosso que separa candidatos ricos e pobres no acesso à universidade. Mas esta não parece ser uma preocupação do Ministério da Educação, que já se envolveu em polêmica por declarações elitistas com relação ao ingresso nas universidades brasileiras.

As provas presenciais estão mantidas para os dias 1 e 8 de novembro, enquanto a primeira versão digital do exame ficou marcada para os dias 22 e 29 de novembro. A novidade este ano é que os candidatos que têm direito à isenção terão o benefício assegurado, mesmo que não façam a solicitação.