Cidadeverde.com

Manifesto Estamos Juntos pede união do país

Cansada de assistir à polarização radical entre os extremos ideológicos em meio a uma pandemia que já ceifou mais de 29 mil vidas, a população começa a reagir. O movimento #EstamosJuntos ( http://movimentoestamosjuntos.org/) lançou um manifesto na internet conclamando a união do país para defender a lei,  a ordem, a política, a ética e o combate à corrupção, entre outros temas tão caros ao país. 

O movimento já coletou mais de 100 mil assinaturas desde sexta-feira à noite, reunindo artistas, jornalistas, políticos, escritores e juristas. O texto pede que os líderes e gestores políticos assumam a responsabilidade de unir a pátria e que deixem de lado projetos individuais. O documento começa dizendo que é formado por cidadãs, cidadãos, empresas, organizações e instituições brasileiras e fazem  parte da maioria que defende a vida, a liberdade e a democracia.

Dirigido à  esquerda, centro e direita, o manifesto faz o seguinte apelo: “Somos a maioria e exigimos que nossos representantes e lideranças políticas exerçam com afinco e dignidade seu papel diante da devastadora crise sanitária, política e econômica que atravessa o país”.

De fato, é momento de união para combater o inimigo comum, o novo coronavírus. Cenas como a de ontem na Avenida Paulista, em São Paulo, não ajudam em nada e só atrapalham o enfrentamento à pandemia que segue fazendo vítimas diariamente. O Brasil já superou a Espanha e a França em número de mortes. Não podemos deixar que as disputas partidárias matem também a nossa esperança.