Cidadeverde.com

O Piauí possui 11 crianças à espera de cirurgia para cardiopatia congênita

O Piauí possui onze crianças na fila de espera para realizar a cirurgia de correção para cardiopatia congênita. A doença é uma má formação do coração que surge ainda nas primeiras semanas de gestação e causa algum tipo de anormalidade na estrutura ou função do coração. Como esse tipo de cirurgia não é realizada no Estado, o governo encaminha essas crianças para serem operadas fora daqui.

No ano passado, 40 crianças viajaram para se submter à cirurgia  em outros estados brasileiros, por meio do Programa de Tratamento Fora do Domicílio, a cargo da Secretaria de Saúde. Este ano, em função da pandemia, o número diminuiu bastante e, por causa disso, a fila de espera aumentou. De janeiro até agora, apenas quatro crianças foram contempladas com a cirurgia.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, cerca de 30 mil crianças nascem por ano com cardiopatia congênita no país. Tratada corretamente, a criança segue uma vida absolutamente normal.