Cidadeverde.com

O que não pode faltar na plataforma dos candidatos a prefeito de Teresina

A menos de um mês do primeiro turno das eleições municipais, outubro bate recordes de temperaturas elevadas. Nesta época do ano, Teresina chega facilmente à casa dos 40°C, com baixa umidade do ar e uma sensação térmica sufocante. Um combo de calor e desconforto que provoca problemas de saúde, afeta a concentração e compromete o rendimento escolar e laboral.

Por tudo isso, os teresinenses devemos ficar atentos às propostas apresentadas pelos candidatos a prefeito no tocante à sustentabilidade e aos projetos que permitam uma convivência menos sofrida com um clima tão hostil quanto o nosso. O que os candidatos falam sobre preservação do meio ambiente, áreas verdes, parques e coberturas vegetais? Há alguma proposta sobre a implantação de técnicas construtivas nos equipamentos públicos que privilegiem a arquitetura sustentável? Algum incentivo para quem planta e cultiva árvores nas suas calçadas?

Os eleitores precisam cobrar propostas ambientais de quem pretende administrar Teresina, já que este é um problema que tende a se agravar com o passar do tempo e o aumento da cobertura asfáltica e do desmatamento para construção de novos condomínios. Estudos científicos comprovam que as árvores conseguem reduzir a temperatura em até 5°C no seu entorno, melhorando o microclima à sua volta.

Com a transpiração das plantas, que é a saída de água da vegetação, acontece a redução da temperatura do ambiente. A arborização urbana contribui para a obtenção de um ambiente urbano agradável e tem influência decisiva na qualidade de vida na cidade. Vamos pensar nisso na hora de votar.