Cidadeverde.com

Vereador Jeová Alencar tem alta prevista para hoje

Especialistas em infectologia, bem como os técnicos da Vigilância Sanitária, preveem um janeiro difícil com relação à pandemia. Os abusos cometidos no fim de ano com as festas, especialmente no litoral piauiense, podem significar dias de extrema complexidade nas próximas semanas.

O período calculado para o aumento no número de casos é de duas semanas. E esse crescimento vem em um momento em que as UTIs dos hospitais privados já estão no limite da capacidade de atendimento. Alguns desses estabelecimentos de saúde já não estão mais recebendo pacientes com Covid-19 porque todos os leitos destinados à doença estão ocupados.

E os frequentadores das festas irregulares, com concentração acima de 100 pessoas - número permitido pela Vigilância Sanitária, são justamente os que procuram a rede privada de saúde. A diretora da Vigilância Sanitária no Estado, Tatiana Chaves, lembra ainda um outro agravante: a nova cepa do coronavírus que já está circulando no Brasil, e que tem uma capacidade de transmissibilidade bem maior que a primeira.

A boa notícia da semana é que o vereador Jeová Alencar, reeleito para presidir a Câmara Municipal de Teresina, tem alta prevista para hoje. Ele tomou posse do leito do hospital onde se encontra internado após contrair a Covid-19 pela segunda vez. Ou seja, o fato de já ter contraído a doença não confere passaporte de imunidade a nenhum paciente.