Cidadeverde.com

Teresina recebe mais 14 pacientes vindos de Manaus

Nesta madrugada, Teresina recebeu mais 14 pacientes vindos de Manaus para se tratar da Covid-19 no Hospital Universitário. São 11 homens e 3 mulheres, sendo que um dos pacientes é piauiense de São Miguel do Tapuio. Eles têm entre 32 e 70 anos de idade e todos apresentam algum tipo de comorbidade. Segundo informações do superintendente do Hospital, Dr. Paulo Márcio, que os recepcionou pessoalmente, 8 pacientes chegaram com quadro estável. Seis deles, no entanto estão instáveis.

Na sexta-feira passada, os cinco primeiros pacientes do Amazonas que receberam alta foram mandados de volta para casa. Ainda restam quatro que vieram no primeiro voo. A direção do Hospital garante que o recebimento dos pacientes vindo do Estado do Amazonas não compromete a capacidade de atendimento dos pacientes do Piauí.

A saúde pública de Manaus entrou em colapso, sem leitos para receber os pacientes, que se amontoam nas portas dos hospitais ou dentro das ambulâncias – e o pior – sem oxigênio. Muitos já morreram asfixiados, sem conseguir respirar. Médicos amazonenses relatam que foram obrigados a dar morfina aos pacientes para que eles sofressem menos pela morte por asfixia. Um drama sem precedentes, causado pela falta de planejamento para socorrer essas pessoas.

A saída tem sido enviar doentes para outros Estados, a fim de evitar que eles morram à míngua. O colapso se repete agora em Rondônia, cujo governo já anunciou que também vai transferir para outros estados pacientes que se encontram hoje em fila de espera.