Cidadeverde.com

Geada na região sudeste eleva o preço do café

A geada nas regiões sul e sudeste registrada nos últimos dias esfriou o tempo e aqueceu o preço do café, uma bebida queridinha dos brasileiros. Os efeitos do gelo afetaram principalmente as fazendas de Minas Gerais, maior produtor do país, e de São Paulo. Resultado: a saca de café de 60kg já está sendo vendida a R$ 1 mil, o dobro do valor comercializado há um ano. As maiores altas foram registradas nas duas últimas semanas.

80% da safra deste ano já foi colhida, o impacto, portanto, só deveria ser sentido na colheita do próximo ano. Mesmo assim, o mercado já embutiu os efeitos adversos do clima no custo do produto, levando ao aumento do preço.

O clima tem provocado reações no corpo e no bolso. Se, por um lado, a geada tem comprometido a safra de alguns produtos agrícolas, como o café, por outro, a escassez de chuva levou o governo a acionar as termelétricas, encarecendo o custo da tarifa elétrica. De todo jeito, o consumidor paga caro pelas consequências das mudanças climáticas provocadas pela ação humana.