Cidadeverde.com

Justiça condena Agespisa e Águas de Teresina por falta d'água no Vale Quem Tem

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

A justiça condenou a Agespisa e a concessionária Águas de Teresina a pagarem R$ 100 mil por danos morais coletivos em razão da má prestação do serviço de abastecimento de água no bairro Vale Quem Tem, na zona leste de Teresina. A ação foi ajuizada pelo Procon ainda no ano de 2013, diante das constantes reclamações dos moradores de interrupção no fornecimento de água na região, problema que persiste até hoje.

A 1ª Vara Cível determina a regularização no fornecimento em tempo integral, sob pena de pagamento de multa no valor de R$ 50 mil. A justiça entende que água é um bem essencial e que não pode faltar na casa das famílias.

A Agespisa respondeu dizendo que tão logo tomou conhecimento do problema tomou as providências necessárias e que, em agosto de 2013, perfurou um poço tubular para resolver a situação. A empresa alega ainda que existe uma dificuldade naquele bairro por causa da topografia da região.

A empresa Águas de Teresina argumenta que não pode responder por uma ação de 2013, quando ainda não havia assumido a concessão do serviço na capital. Tanto a Agespisa quanto a Águas de Teresina têm 15 dias para apresentar seus recursos.