Cidadeverde.com

Megavacinação neste sábado é voltada para quem não tomou 2ª dose

Uma das preocupações do Ministério da Saúde, hoje, para controlar a pandemia da Covid 19 é atualizar a carteira de vacinação de quem já tomou a primeira dose, mas não voltou para receber a segunda. Os especialistas lembram que a maior proteção contra o vírus é obtida após 14 dias depois da segunda dose.

No Brasil, 21 milhões de pessoas estão entre os “atrasados”. São Paulo e Minas Gerais lideram o ranking dos Estados com o maior número de pessoas que não voltaram para tomar a segunda dose. No Piauí, esse número é de 214.353. Para reverter esse quadro, o Ministério da Saúde irá realizar a Campanha de Mega Vacinação contra a Covid no próximo sábado, dia 20. A meta é completar o esquema vacinal de toda a população adulta.

Com o slogan “Proteção pela Metade não é Proteção”, o Ministério pretende atualizar a carteira de vacinação dos brasileiros para que a população atinja a imunização completa e o país possa isolar o vírus responsável pela Covid 19. A cobertura vacinal ampla também é necessária para evitar o surgimento de novas variantes.

Alguns países europeus já pensam até em adotar  lockdown outra vez por causa de um novo surto da doença. Na Áustria, por exemplo, quem não se vacinou está vivendo em regime de confinamento, com autorização para sair somente para ir ao médico ou ao supermercado. Vacinar vai além da proteção individual e da família. É uma responsabilidade social pela saúde coletiva.