Cidadeverde.com

Conheça as novas urnas eletrônicas que serão usadas em 2022

Estas são as novas urnas eletrônicas – modelo EU 2020 – que serão usadas nas eleições gerais de 2022. Até maio do próximo ano, o Tribunal Superior Eleitoral estará recebendo 225 mil novas urnas iguais a essas, de um total de 577 mil que serão utilizadas no pleito. As placas mãe são produzidas em Manaus e a montagem final é feita em Ilhéus, na Bahia.

As urnas eletrônicas não possuem conexão com qualquer rede, o que inviabiliza os ataques externos feitos por hackers, garantindo total segurança ao processo eleitoral. A votação eletrônica já existe no Brasil há 25 anos sem que jamais houvesse qualquer fraude comprovada.

De acordo com o presidente do TSE, Ministro Luís Roberto Barroso, que visitou as instalações da Positivo Tecnologia, empresa que venceu a licitação para fabricar as novas urnas, os equipamentos garantem segurança, auditabilidade e transparência. A vida média útil de uma urna eletrônica varia de dez a doze anos, por isso a substituição dos equipamentos que, a cada nova edição, incorporam tecnologia mais moderna para torná-los ainda mais seguros.

O processo de votação eletrônica do Brasil é motivo de orgulho para o país. A votação é rápida, segura e ainda possibilita que a apuração seja veloz, permitindo aos eleitores conhecerem o resultado das urnas ainda no mesmo dia da eleição.