Cidadeverde.com

Piauí passa a realizar sequenciamento dos testes Covid

Depois de dois anos de pandemia da Covid-19, o Piauí finalmente passou a realizar o sequenciamento de dados coletados nos testes de identificação do Coronavírus. Até então, esses exames eram encaminhados para laboratórios de referência em outros Estados, o que demandava bastante tempo, atrasando as respostas de saúde pública para enfrentar a pandemia.

Há duas semanas, o trabalho passou a ser feito aqui, sob a coordenação do pesquisador em saúde pública da Fiocruz Piauí, Vladimir Costa Silva. O trabalho é possível por meio de uma parceria entre Fioicruz/Piauí, Ciaten, que possui o sequenciador,e Rede Genoma.

O laboratório tem capacidade para sequenciar até 96 amostras em um prazo de duas semanas. As primeiras amostras começaram a ser examinadas há 15 dias e os resultados devem sair na sexta-feira da próxima semana. O pesquisador Vladimir Costa Silva esclarece  que esse trabalho vai contribuir para que a Vigilância Estadual tenha dados mais robustos e de qualidade, permitindo aos gestores a tomada de decisão mais rápida e acertada no combate à pandemia.

A Secretaria de Saúde do Estado também dispõe do equipamento necessário para a realização do sequenciamento das amostras, mas ele ainda não está funcionando porque os profissionais que vão trabalhar nessa área ainda precisam passar por um treinamento.