Cidadeverde.com

Fiocruz alerta para o perigo da desigualdade vacinal dentro do país

O painel Monitora Covid, elaborado pela Fiocruz, faz um alerta sobre o perigo do cenário de desigualdade da cobertura vacinal entre as diferentes regiões brasileiras. O documento lembra que apesar de o país ter avançado na imunização, com 64,7% dos brasileiros totalmente vacinados, apenas 16% dos municípios apresentam mais de 80% da população com as duas doses ou dose única da vacina.

As regiões Sul e Sudeste são as que apresentam melhor desempenho. No Sul do país, 30% dos municípios registram mais de 80% da população com o esquema vacinal completo. Na região Sudeste, esse percentual é de 27,2%. Na região Centro-Oeste, o número cai para 11,8%. A situação é mais dramática no Nordeste, com apenas 2,7%, e irrisórios 1,1% na região Norte.

Outra preocupação dos pesquisadores da Fiocruz é com algumas áreas de fronteiras que apresentam baixa cobertura de cão, o que representa risco para a população local e uma ameaça de entrada de novas variantes. Diante desse quadro, a instituição reforça a necessidade da exigência do passaporte vacinal para quem entra no país.