Cidadeverde.com

Teresina já acumula 151mm de chuva em dois dias

O ano de 2022 mal começou e já trouxe de volta velhos problemas. Problemas que já se tornaram crônicos em Teresina, como a falta de estrutura da cidade para receber volumes de média a alta intensidade de chuva. É verdade que o período chuvoso desabou de forma atípica nesse início de janeiro. Em apenas dois dias do mês, o acumulado de chuva já chega a 151,9mm, segundo dados do Inmet.

Ainda assim, a cidade não está preparada para conviver com a estação chuvosa porque o sistema de drenagem é precário, não há galerias suficientes e, para piorar, a população ainda joga lixo nas ruas. Quando a chuva chega, esse lixo é arrastado e acaba entupindo os bueiros e bocas de lobo, agravando o problema.

Outro fator que contribui para a inundação das ruas na capital é o crescimento acentuado das construções, aumentando a área de impermeabilização e diminuindo a área de absorção da água. Como consequência, a chuva escorre pelas ruas, causando as enxurradas a que temos assistido desde a sexta-feira passada.

A galeria da zona leste, que irá resolver parte do problema nessa região da cidade, se arrasta a passos lentos. Iniciada ainda na gestão passada, a previsão para o término da obra é daqui a 30 meses. Ou seja, ainda teremos mais de dois anos convivendo com ruas completamente inundadas a cada estação chuvosa.