Cidadeverde.com

Crianças pedem estrada para ter acesso à educação

Uma brasileira casada com um francês está desenvolvendo um bonito trabalho na zona rural de Altos, no interior do Piauí. A paixão por educação fez com que Edna Tenório reunisse as crianças das comunidades de Cocal e São Pedro para oferecer-lhes aulas de reforço de matemática, português e inglês, bem como aulas de francês e espanhol.

Mas a brasileira enfrenta algumas dificuldades no seu sonho de expandir a cultura e o conhecimento dessas crianças esquecidas nos rincões do Piauí. Não há estrada por onde os alunos possam trafegar até chegar a pequena construção improvisada onde as aulas são ministradas. Assim como não há ônibus escolar e, se houvesse, provavelmente não conseguiria circular pela trilha de pedra e lama que deveria ser uma estrada. Quando chove, a estrada vira um lamaçal difícil de transpor.

No último final de semana, ela reuniu os alunos em um protesto pacífico, com faixas e cartazes, pedindo por estrada e transporte escolar. Ofereceu a eles mais uma lição: a de cidadania, na qual se aprende que educação é direito de todos e dever do Estado e que, portanto, devemos lutar por ela.