Cidadeverde.com

OMS aprova remédio contra Covid-19

A Organização Mundial de Saúde recomendou o uso do antiviral Paxlovid, da farmacêutica Pfizer, para pacientes com Covid-19 que apresentem sintomas leves e que tenham maior risco de hospitalização. O medicamento pode ser tomado por pacientes acima de 18 anos, mas não deve ser consumido por gestantes ou lactantes.

A recomendação foi feita após dois ensaios realizados com cerca de 3.100 pacientes, que demonstraram redução no risco de hospitalização em 85% dos casos. A administração do Paxlovid é feita durante cindo dias e deve ser iniciada menos de cinco dias após o início dos sintomas.

A conceituada publicação British Journal of Medicine considerou o medicamento como a “droga de escolha” para pacientes não vacinados, idosos ou imunossuprimidos. Ele tem a capacidade comprovada de reduzir o número de hospitalizações e de diminuir os riscos potenciais, em escala maior que outros antivirais, como o molnupirovir. Além disso, é mais fácil de administrar que as opções intravenosas.

A única preocupação da OMS é com o custo, inacessível para a população de baixa renda. Por isso mesmo, a organização reforça que a melhor arma para combater o coronavírus continua a ser a vacinação em massa. Quanto maior o número de pessoas vacinadas, maior o bloqueio para impedir a circulação do vírus.