Cidadeverde.com

Censo 2022 terá questões sobre autismo

O Censo demográfico deste ano vai trazer uma novidade. Pela primeira vez, o questionário irá abordar a questão do autismo. Com isso, o poder público poderá dimensionar a quantidade de habitantes diagnosticados com autismo, bem como saber de que forma essas pessoas vivem.

A coordenadora do grupo de trabalho sobre pessoas com deficiência do IBGE, Juliana Queiroz, destaca que a informação sobre o diagnóstico de autismo é de extrema relevância para a população brasileira. “Esse dado poderá começar a esclarecer sobre os problemas enfrentados pelas pessoas com autismo, garantindo sua visibilidade e permitindo a criação de políticas públicas mais eficientes, direcionadas a partir dos dados concretos, fatores fundamentais para a garantia de direitos”, explica.

Com o questionário ampliado, serão formuladas também questões sobre migração, fecundidade, religião, composição do núcleo familiar e deslocamento para o trabalho.  

Os pesquisadores iniciarão o trabalho de campo a partir do dia 1° de agosto, em todos os municípios do país. No Piauí, mais de 3 mil pessoas farão parte da força de trabalho diretamente envolvida com a operação censitária. Em todo o Estado, serão visitados cerca de 900 mmil domicílios.