Cidadeverde.com

Casos de dengue e chikungunya no Piauí aumentam 745% e 511%, respectivamente

O Piauí vive um surto preocupante de casos de dengue e chikungunya, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypit. Na última semana epidemiológica acompanhada pela Secretaria de Saúde do Estado, o crescimento no número de casos de dengue foi de 745,6%, enquanto os registros de chykungunia aumentaram 511%.

Os números podem ser ainda maiores porque há suspeita de subnotificação, já que 37 municípios não estão inserindo os dados no Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde – SIES. Esses dados são fundamentais para o controle epidemiológico das doenças.

O secretário de saúde Neris Júnior fez um apelo aos gestores dos municípios para que controlem os focos do mosquito para evitar a proliferação das doenças. O secretário anunciou a chegada de mais 4 mil litros do veneno Cielo até o final desta semana, para ser usado no carro fumacê, que percorre as ruas dos bairros mais infectados para tentar matar o mosquito adulto.

O esforço para combater o mosquito, no entanto, não deve ficar a cargo apenas dos gestores públicos. A população precisa ficar vigilante em casa e no espaço de trabalho para identificar possíveis focos que abriguem larvas do mosquito. A Chikungunya costuma deixar sequelas nos pacientes por um longo período, comprometendo atividades rotineiras do paciente.