Cidadeverde.com

Crimes de grande repercussão entram na pauta do Tribunal em agosto

O Tribunal do Júri terá uma pauta agitada no próximo mês. De 17 a 30 de agosto, vários crimes de grande repercussão no Estado serão levados a julgamento, no auditório do Fórum Cível e Criminal de Teresina, com transmissão pelo canal do youtube. O juiz responsável é o Dr. Antônio Nollêto.

No dia 17, será levado a julgamento o acusado de assassinar um jovem durante a comemoração de um jogo do Brasil na Copa do Mundo, em 2014, há oito anos. O fato aconteceu no bar Cais do Parnaíba, localizado na Avenida Maranhão.

No dia 23, o Tribunal de Júri volta a se reunir para julgar o caso de um policial militar do Maranhão que teria matado um cabo da PM em Teresina, em 2019, na Rua Senador Cândido Ferraz, na zona leste, próximo ao Colégio Dom Barreto.

Já no dia seguinte será a vez do processo que trata da morte do ex-prefeito de Altos, César Augusto Leal Pinheiro, ainda em 1996. O acusado é o vice-prefeito à época, Antônio Orlando da Silva.

Na sequência, no dia 25, serão levados a julgamento os pistoleiros acusados da morte do empresário Fábio Brasil, em março de 2012, em frente à uma loja de peças de carros na Avenida Miguel Rosa.

Outro crime que repercutiu bastante em Teresina, causando muita comoção, foi o da jovem Vanessa Maria, em 2019. Ela teria sido atropelada ao sair de uma festa com as amigas no cruzamento da Avenida Homero Castelo Branco com a Rua Cláudio Soares, na zona leste. O julgamento desse caso será no dia 30 de agosto.

O que chama atenção nessa pauta é a demora entre os crimes e os julgamentos dos acusados. O do ex-prefeito de Altos, por exemplo, levou 26 anos. Uma infinidade para a família enlutada que espera por justiça.