Cidadeverde.com

Perícia médica pode ser solicitada por aplicativo para diminuir a fila de espera

Para tentar diminuir a longa fila de espera por uma perícia médica do INSS, que em alguns casos chega a demorar até seis meses, o Ministério do Trabalho baixou uma portaria permitindo que essa perícia possa ser feita por meio do aplicativo MEU INSS. A medida já está em vigor e vale para os casos em que o tempo de agendamento e a realização da perícia médica for superior a 30 dias. No Piauí, tem perícia agendada para janeiro do próximo ano.

Para ter acesso a esse atendimento virtual, o segurado deve apresentar por meio do aplicativo o atestado ou laudo médico de forma legível e sem rasuras, com nome completo, data de emissão do documento (que não pode ser superior a 30 dias da data de entrada do requerimento), informações sobre a doença ou CID, assinatura e carimbo do profissional com registro do Conselho de Classe e a data de início e prazo estimado do afastamento.

A medida vai facilitar a concessão do benefício por incapacidade temporária – antigo auxílio doença. Com a pandemia e a greve dos peritos médicos federais, que durou 52 dias, os pedidos de perícia se acumularam, gerando uma longa fila de espera. Essa demora entre a solicitação da avaliação médica e a liberação do benefício tem deixado muitos segurados em dificuldade financeira, sem dinheiro nem mesmo para comprar os medicamentos necessários ao tratamento.