Cidadeverde.com

Médico Antônio Rufino morre em Teresina, vítima de infarto

Morreu nesta madrugada, em Teresina, o médico obstetra Antônio Rufino Sobrinho, 83 anos, vítima de infarto. Nascido em Valença, formou-se em Medicina na Universidade de Pernambuco. Foi Diretor do Hospital Regional de Valença do Piauí e Diretor da Maternidade Evangelina Rosa. Exerceu o cargo de Superintendente do antigo Instituo Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS) no Piauí, foi Secretário de Saúde do Estado e professor da Universidade Federal do Piauí.

Dr. Rufino também atuou na política como deputado estadual, eleito em 1986, pelo PFL. Em 1990, candidatou-se novamente e ficou na suplência, mas assumiu o cargo em razão da morte de dois parlamentares e da nomeação de outros quatro para o Tribunal de Contas do Estado.

Homem muito religioso e dedicado à família, sempre afável nas conversas, deixa a mulher, D.Vanda Rufino, e quatro filhas: Adriana, Andrea, Alexandra e Anne. Dr. Rufino estava internado no Hospital São Marcos, onde recebeu os cuidados da equipe médica, depois de passar mal em casa. O velório acontecerá  a partir das 9h na Assembleia Legislativa do Estado. Às 16h, o cortejo segue para sepultamento no Jardim da Ressurreição.

É mais uma perda significativa para a medicina piauiense que, em menos de um mês, se despediu do também obstetra Stanley Brandão de Oliveira e do oftalmologista João Orlando.

A Prefeitura de Teresina emitiu nota de pesar pelo falecimento do médico: 

A Prefeitura de Teresina lamenta o falecimento do médico Antônio Rufino Sobrinho, aos 83 anos. 

Dr. Rufino prestou serviços de excelência para a saúde no Piauí, além de se destacar no legislativo piauiense como deputado estadual. 

O prefeito Dr. Pessoa se solidariza com a família e amigos enlutados ao tempo em que expressa condolências a todos.