Cidadeverde.com

PIAUÍ DESPREZA SEU MAIOR PATRIMÔNIIO

Definitivamente, o Piauí não é um Estado pobre, mas esquecido. Dentre as inúmeras riquezas de que o Estado dispõe, uma, sem dúvida, merece um olhar diferenciado, até mesmo porque não diz respeito somente aos piauienses, mas ao mundo inteiro. Trata-se do Parque Nacional da Serra da Capivara, um tesouro arqueológico escondido, e abandonado, no interior do Piauí.

Criado e mantido graças ao esforço hercúleo da pesquisadora Niéde Guidon, o Parque da Serra da Capivara é patrimônio do mundo, já que sua riqueza atrai o interesse da comunidade científica internacional. E só não atrai mais turistas do exterior porque até hoje o tão sonhado aeroporto internacional de São Raimundo Nonato não começou a funcionar, tornando o percurso até a cidade que sedia o parque extremamente penoso, devido à distância que o separa da capital, Teresina.

Independente do turismo, que deveria ser estimulado para atrair mais divisas para o Piauí, a Serra da Capivara tem um valor científico inestimável, pois, a partir das suas descobertas, a origem do homem no continente americano foi posta em prova. Com vestígios que remontam 50 mil anos, há evidências de que o sul do Piauí teria sido o primeiro território a ser habitado pelo homem nas Américas.

Niéde Guidon percebeu o valor dos fósseis e inscrições rupestres encontradas na Serra da Capivara e dedicou sua vida inteira a pesquisar o material disponível por lá. Montou, a muito custo, o Museu do Homem Americano, que é absolutamente fantástico. No entanto, seu trabalho não é valorizado. Muito pior, não é sequer financiado e, por isso, o Parque está ameaçado de fechar.

Sem recursos para manter o Parque funcionando, os funcionários começaram a ser demitidos. Os caçadores aproveitam a falta de fiscalização e realizam caçadas e acendem fogueiras no interior do sítio, comprometendo um acervo arqueológico preciosíssimo. Como falei antes, um patrimônio da humanidade! E tudo isso sob os olhares indiferentes das autoridades que deveriam defender e promover essa riqueza incrustada no sertão piauiense.

A governadora em exercício, Margareth Coelho, esteve recentemente por lá e ficou encantada com o que viu. Postou, inclusive, algumas fotos nas redes sociais. Agora chegou a hora de uma ação concreta para salvar o Parque Nacional da Serra da Capivara, que é motivo de orgulho para os piauienses e que não pode mais ser desprezado. Nossa maior herança não pode simplesmente ser abandonada e destruída pela desatenção de quem deveria protegê-la.