Cidadeverde.com

A PANELA ESTÁ FERVENDO

A primeira semana de agosto fecha com um saldo negativo para o governo federal e, de resto, para toda a nação. Como já havia sido anunciado, o Congresso voltou com a carga toda para atingir em cheio o Planalto. E, não só conseguiu aprovar a primeira das suas pautas-bomba, como o fez com larga maioria, impondo mais uma derrota à Presidente Dilma. Até mesmo parlamentares petistas votaram a favor do aumento para delegados das polícias federal  e civil, procuradores estaduais e municipais e para as carreiras da AGU – Advocacia Geral da União, comprometendo o programa de ajustes fiscais do Ministro Joaquim Levy.

O dólar disparou e já ultrapassou a barreira dos R$ 3,50, arrastando uma série de aumentos nos preços de mercadorias que têm como matéria prima produtos importados. A bolsa opera em queda e o mercado, como um todo, vai mal. A crise política, definitivamente, comprometeu a economia. O vice-Presidente e articulador político, Michel Temer, chegou a fazer um apelo pedindo a união, um espécie de pacto, pelo Brasil. Os deputados não o ouviram.

Em meio a esse cenário, o programa político do PT foi ao ar, tentando recuperar a confiança dos brasileiros e melhorar a imagem da Presidente Dilma, que chegou a seu pior nível de avaliação já registrado até agora, com 71% de reprovação. De nada adiantou o trabalho dos publicitários para tentar neutralizar o efeito das panelas. Elas ocuparam mais uma vez o cenário urbano, em uma manifestação de protesto coletivo nas grandes cidades brasileiras. Aqui em Teresina, também ouviu-se o barulho do panelaço em algumas regiões, como na Av. Marechal Castelo Branco, onde há uma grande concentração de edifícios residenciais de alto padrão.

A estratégia governista precisa mudar e começar a apresentar resultados rápidos. As contas dos governos Itamar Franco, Fernando Henrique e Lula já foram votadas no Congresso, abrindo caminho para a votação das contas de Dilma. Mais um ingrediente apimentado para ir à panela em que frita a popularidade da Presidente.

 

.