Cidadeverde.com

TERESINA ARDE EM FOGO

O segundo semestre do ano traz um grave problema para a saúde da cidade e dos teresinenses. Não bastassem as altas temperaturas, com sensações térmicas acima de 40graus, e a baixa umidade do ar, ainda somos maltratados com as constantes queimadas que se espalham pela cidade.

Quase que diariamente o fogo toma conta da mata, que vai ficando ainda mais escassa. Com a baixa umidade do ar, especialmente no período da tarde, a vegetação seca torna-se extremamente vulnerável. E aí, uma mínima faísca, ou até mesmo um caco de vidro exposto à radiação solar, pode desencadear um incêndio.

Por conta da alta incidência de queimadas, a fumaça toma conta do meio ambiente, tornando o ar praticamente irrespirável. As doenças respiratórias aumentam e se agravam, lotando os consultórios médicos.

Teresina já é uma cidade extremamente quente. Com os focos de incêndio se multiplicando, torna-se pior ainda. Calor e fumaça juntos formam uma combinação que beira o insuportável. Os bombeiros trabalham dobrado para dar conta de todos os focos de incêndio, antes que eles fujam ao controle e causem um desmatamento de grandes proporções.

A cidade que já foi batizada como cidade verde precisa fazer jus ao título. E o caminho para isso é o replantio maciço de árvores, de preferência daquelas com uma boa copa, que ofereçam sombra para amenizar o calor e deixar a temperatura mais agradável. Além disso, as pessoas devem ser esclarecidas sobre o perigo das queimadas nessa época, uma prática ainda comum  por aqui e que causa grandes danos ao meio ambiente.