Cidadeverde.com

POPULAÇÃO PEDE O FIM DO "CABEÇA DE JACARÉ"

A Prefeitura de Teresina iniciou o asfaltamento da Avenida Frei Serafim, principal corredor urbano da capital, por onde circulam pessoas de todas as áreas da cidade, já que ela é o divisor entre as zonas norte e sul e a mais importante via de ligação do centro com a zona leste.
Outras avenidas também estão a merecer o asfaltamento para facilitar o escoamento do tráfego, hoje um dos maiores problemas de Teresina. Com a ação do tempo e o peso dos veículos, é natural que o asfalto comece a sofrer um desgaste, que dificulta a passagem de veículos grandes e pequenos.
Mas seria interessante que a Prefeitura observasse também a situação de algumas ruas secundárias, que passaram a ter grande uso depois das modificações do trânsito na zona leste. Com a proibição das conversões à esquerda e o fechamento dos retornos, o motorista viu-se obrigado a trafegar por ruas paralelas às grande avenidas da área, como a Nossa Senhora de Fátima, Joquey Clube, Dom Severino e Homero Castelo Branco, só para citar algumas.
Se o motorista tentar fugir desses corredores para circular pelas ruas que o circundam, vai encontrar enorme dificuldade diante do estado ruim do calçamento encontrado. São ruas que, repito, devido às mudanças recentes no trânsito passaram a ter maior importância. Mas ainda apresentam um calçamento de péssima qualidade que, aqui, foi batizado de cabeça de jacaré. Os motoristas reclamam bastante, e com razão. Eles argumentam que não há mais razão para existir ruas com revestimento tão ruim.
Hoje, por força de lei, a Prefeitura já não trabalha mais com esse tipo de calçamento. Mas em toda a zona leste, considerada área nobre da cidade, é ele que predomina, atrapalhando a vida de motoristas e danificando os seus veículos. Seria bom a SDU, em conjunto com a STRANS, fazer um levantamento para saber quais dessas ruas mereceriam receber o asfalto para ajudar na política de melhoria do trânsito.