Cidadeverde.com

O Segundo tipo de câncer mais comum entre os homens

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens no Brasil, ficando atrás apenas do câncer de pele. Ainda assim, continua sendo tratado como tabu, quando se fala na prevenção da doença. Muitos homens, por receio, preconceito ou desconhecimento, resistem a fazer os exames preventivos, que podem ser por meio do toque retal, o mais temido, ou a dosagem de PSA.


No entanto, como em todas as outras manifestações do câncer, o diagnóstico precoce é a melhor maneira para obter um resultado menos invasivo e, também, mais chances de cura. Por isso, o mês de novembro foi instituído como referência à campanha de prevenção do câncer de próstata, com a alegoria do novembro azul, um alusão à cor predominantemente associada ao sexo masculino.


Aqui no Piauí, segundo os registros do Ministério da Saúde, foram 204 mortes por câncer de próstata no ano de 2009. Esse número foi crescendo gradativamente até atingir 255 mortes em 2013, o que equivale a uma média de 222 mortes por ano. É muito, principalmente se levarmos em contas todas as campanhas informativas sobre a doença que orientam quanto à necessidade de realizar o exame períódico.


Ainda de acordo com as estatísticas oficiais, a maior incidência está em homens acima de 65 anos. E é justamente nessa faixa etária que reside a maior dificuldade de submeter-se ao exame médico. A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino e deve ser avaliada com regularidade para reduzir, cada vez mais, o número de mortes evitáveis por prevenção.