Cidadeverde.com

A Música Não Pode Parar

 

O Projeto Música para Todos é uma dessas iniciativas que merecem o reconhecimento dos piauienses. Criado em 1999, desde então, vem ensinando música gratuitamente para crianças e adolescentes de Teresina e servindo, em alguns casos, como incentivo a uma futura profissão. O violonista Josué Costa, hoje consagrado pelo público, aprendeu música por meio do projeto. Há ex-alunos que atualmente fazem parte da Orquestra Sinfônica de Teresina.

O Projeto atende três mil alunos, sendo metade nas escolas públicas, com iniciação musical por meio da flauta doce e do canto a crianças do ensino fundamental ;  e outra metade com aulas de violão, bateria, percussão e piano, a partir dos 13 anos de idade.

O orçamento para manter esse trabalho é de pouco mais de R$ 2 milhões por ano, obtidos através das Leis de Incentivo à Cultura dos governos federal e estadual. Acontece que o dinheiro dos patrocinadores não vem sendo repassado regularmente e o Projeto corre o risco de suspender as atividades, prejudicando milhares de alunos.

De R$ 1,2 milhão que o Estado deveria repassar à escola, só chegaram até agora R$ 600 mil. A folha de pagamento dos 53 funcionários está atrasada e o diretor, Luís Sá, já não sabe mais o que fazer para conseguir manter as aulas. Ele lamenta que, mesmo tendo patrocinadores, o dinheiro não chega às suas mãos.

É inadmissível que em uma cidade de tantas carências, e com tantos jovens expostos ao vício das drogas nas ruas, uma iniciativa como essa que resgata esses meninos e meninas e lhes proporciona uma iniciação musical, descobrindo talentos e abrindo espaço para uma futura profissão, feche suas portas porque o Estado não faz o repasse devido. Não apenas  os funcionários, alunos e familiares cobram uma providência com relação a esse atraso. A cobrança vem de toda a sociedade, que apoia iniciativas como essa de estímulo aos nossos jovens, promovendo arte e cultura.