Cidadeverde.com

A desordem na vida da cidade

No Brasil, e particularmente em Teresina, tornou-se comum a ruptura da ordem e da plena normalidade da vida cotidiana de milhares de pessoas, sempre que alguma categoria deseja reivindicar melhorias profissionais. O direito à manifestação e à livre expressão é salutar e necessário. Está assegurado pelo nosso regime democrático. Mas isso não significa que esteja autorizada a promoção do caos em toda a cidade.

Taxistas e mototaxistas estão se especializando nessa modalidade. Ontem, em protesto contra os motociclistas que exercem a profissão clandestinamente, os profissionais que estão legalizados junto à STRANS decidiram que podiam parar a cidade. E conseguiram. Em pleno horário de pico, na volta do trabalho para casa, eles interditaram a avenida Frei Serafim e alguns dos seus cruzamentos, provocando um caos no trânsito urbano, já normalmente conturbado a essa hora do dia.

Sem se importarem com os compromissos dos cidadãos que precisavam se deslocar para o trabalho, escola, tratamento médico, ou compromissos pessoais, eles conseguiram tulmutuar a vida da população de tal forma, que ficou praticamente impossível ir de um lado a outro da cidade.

Inexplicavelmente, polícia e STRANS, que deveriam garantir a ordem e o livre direito de ir e vir dos moradores, não tomaram qualquer atitude. E não é a primeira vez que isso acontece. Toda vez que um taxista é morto, vítima da violência que atinge a todos os profissionais indistintamente, a categoria trava o trânsito, impondo à sociedade inteira um castigo que não lhe cabe.

Em países como a França, onde os direitos trabalhistas são preservados e defendidos, sempre que uma categoria quer realizar um protesto, encaminha ofício à Prefeitura solicitando a liberação do espaço escolhido para tal, detalhando o horário previsto para começar e terminar, com todo o cuidado para não inviabilizar a vida da cidade. Aqui, cada um faz o que quer, do jeito que quer e na hora que quer, desafiando o poder público, que assiste a tudo impassível.