Cidadeverde.com

O SALIPI prepara mais uma festa literária

O Salão do Livro do Piauí foi lançado ontem à noite em Teresina, já acendendo as luzes para a grande festa literária que a cidade vai vivenciar entre os dias 10 e 19 de junho. Mesmo com todas as dificuldades enfrentadas anualmente para obter patrocínio, o Salão chega à sua 14ª edição, provando que a força da cultura se impõe às adversidades.

O tema escolhido para este ano é a belíssima frase do escritor Manoel de Barros: "Onde estou, as palavas me acham".O SALIPI irá homenagear ainda o escritor português Virgílio Ferreira e terá como patrono, o piauiense Álvaro Pacheco, radicado no Rio de Janeiro.

Hoje, o SALIPI não pertence mais à Fundação Quixote, entidade responsável por sua organização, mas à cidade de Teresina, aos seus leitores, professores e escritores. Gente que acredita no livro como instrumento de transformação de uma sociedade e que não abre mão de ler uma boa estória contada em prosa ou verso.

Mais uma vez, em feliz parceria com a Universidade Federal do Piauí, o Salão será realizado no Espaço Rosa dos Ventos, no Campus Petrônio Portela. É lá que, durante nove dias, um público curioso e atento circulará em busca de novidades nos stands das livrarias, participará de palestras e bate-papos literários e ouvirá música de boa qualidade. Uma festa da cultura que aguça todos os sentidos e, o que é melhor, tudo inteiramente de graça.

Entre os nomes confirmados estão Zak Magiezi, Luiz Felipe Pondé, Paula Pimenta, Casemiro de Madeira Campos, Nicolas Behr. Dr. Misael Montenegro Filho e  Leoni ( ex-integrante do grupo musical Kid Abelha). A diversidade de estilos e atrações é uma das características do Salão que se consolida como um dos melhores e mais aguardados eventos culturais do Estado. Em mundo de cultura “trash” e informação fugaz, a manutenção de um Salão do Livro merece ser louvada e prestigiada com a presença de todos que reconhecem o valor de uma boa leitura.