Cidadeverde.com

Lava Jato revela quem são nossos políticos

A cada dia, novos trechos revelados nos diálogos nada republicanos protagonizados pelo alto escalão da república brasileira nos envergonham ainda mais. Figurinhas carimbadas da política que estão sempre presentes em qualquer governo que esteja ocupando o Palácio do Planalto falam da Nação como se fosse uma republiqueta onde não houvesse leis, instituições e controle externo.

As conversas gravadas por Sérgio Machado mostram o tamanho do descaso com que os homens públicos tratam o Brasil. José Sarney, Romero Jucá, Renan Calheiros fazem parte de um mesmo grupo que considera que o país é quem deve servi-los, não o contrário, como era de se esperar de políticos que ocupam o Senado.

Estão todos tão somente preocupados com os próprios interesses, numa visão mesquinha da política, que só contribui para o descrédito existente hoje em relação a essa atividade. A Lava Jato, nós já sabemos, ameaça hoje figuras de todos os partidos políticos, uns mais, outros menos. E o que se ouviu nas últimas conversas divulgadas foi uma tentativa desastrada de tentar barrar a operação a qualquer custo.

Falam em um pacto nacional, mas o Brasil real, aquele que sustenta de verdade este país, não compactua com essa bandalheira. O Brasil real aplaude o juiz Sérgio Moro e quem mais trabalhe para varrer a corrupção que desvia dinheiro a ser aplicado na saúde, na educação e na segurança.

Os legítimos filhos desta terra que honram a sua cidadania levantam a voz por um judiciário sério e comprometido com a ética. Queremos ver os ministros do Supremo julgando com isenção, o Ministério Público e a Polícia Federal trabalhando livremente e a imprensa mostrando tudo isso à luz da transparência que deve reger os atos públicos.

Quanto aos políticos...bem, eles são responsabilidade nossa, já que fomos nós que os colocamos em Brasília. E é bom ficar de olho no comportamento de cada um para que nós também possamos cumprir a nossa parte quando estivermos frente a frente com a urna eletrônica no dia da eleição.