Cidadeverde.com

Muriçoca e o zika vírus

Mais uma preocupação para os brasileiros e, especialmente, para nós, piauienses. A Fundação Oswaldo Cruz -Fiocruz, respeitada instituição de pesquisa, alerta para a possibilidade de transmissão do vírus da zika pela muriçoca, esse conhecido inseto, tão comum por aqui. Até então, acreditava-se que apenas o mosquito Aedes aegypti  fosse responsável pela propagação da doença.

Em função da baixa cobertura do serviço de saneamento básico no Piauí, até mesmo na capital, as muriçocas ou pernilongos domésticos estão presentes em grande quantidade por todo o Estado. Por enquanto, as muriçocas não representavam um perigo maior, apenas  o incômodo pela picada dolorida e o zumbido irritante. Mas, como o Aedes aegypti, elas também se alimentam de sangue.

Os estudos ainda não são conclusivos, mas já há evidências fortes de que a muriçoca realmente possa transmitir o zika vírus. As suspeitas surgiram a partir da constatação da presença no vírus no sangue do inseto, assim como nas suas glândulas salivares. As pesquisas ainda serão aprofundadas até a confirmação, ou não, dessa hipótese.

E enquanto seguem os estudos, a população precisa redobrar os cuidados com higiene , evitando deixar lixo acumulado e esgoto parado na porta de casa. A zika é uma doença séria e traz consequências graves.