Cidadeverde.com

Multas de trânsito mais caras a partir de hoje

Atenção, motoristas desatentos! A partir de hoje entram  em vigor os novos valores de multas para as infrações de trânsito. E eles vêm bem mais caros. O hábito de dirigir falando ao celular, por exemplo, tão comum entre nós, apesar do perigo que representa, passa de infração média a gravíssima, custando R$ 293,47.

Outro prática corriqueira entre os motoristas brasileiros, e especialmente entre os piauienses, que é estacionar indevidamente  nas vagas de idosos ou pessoas com deficiência, deixa de ser infração grave e passa a ser gravíssima, com o mesmo valor da multa para quem é pego falando ao telefone enquanto dirige.

E tem mais novidade: o  valor das multas passa a ser corrigido anualmente pela inflação acumulada nos últimos doze meses.  Há dezesseis anos, esses valores não eram atualizados. As mudanças do Código de Trânsito Brasileiro que entram em vigor hoje foram sancionadas por uma lei assinada pela então presidente Dilma Rousseff, ainda em maio deste ano.

Antes que alguém reclame do alto custo das multas, é bom lembrar que bem mais caro é o preço das milhares de vidas perdidas todos os anos nos acidentes de trânsito provocados pela imprudência dos motoristas, assim como os custos com a saúde pública para tratar os sequelados vítimas de acidentes. O HUT está aí para provar o que eu digo.

Trânsito é questão de disciplina e civilidade. Nem precisava haver multas para impedir os comportamentos assumidamente de risco dos motoristas, mas como a lição só é aprendida quando dói no bolso, não resta outra alternativa.