Cidadeverde.com

PF suspende emissão de passaportes

Exatamente nas vésperas das férias escolares de julho, o país é surpreendido com a informação de que está suspensa a emissão de passaportes pela Polícia Federal. Motivo: falta de recursos. A Polícia alega que a dotação orçamentária prevista para esse serviço acabou e não há, pelo menos por enquanto, previsão para um novo aporte de recursos.

Quem ainda não havia solicitado o seu passaporte, vai ficar sem o documento, que ainda não tem data prevista para voltar a ser emitido. O custo unitário de um passaporte comum, do tipo azul, é de R$ 257,25.

Imagine só a situação de quem estava se programando para fazer um intercâmbio, uma viagem de férias, ou até mesmo tratamento de saúde fora do país. Se ainda não havia tirado o documento, está agora de mãos atadas.

O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Carlos Eduardo Sobral, diz que sem a previsão orçamentária, fica difícil a renovação de contratos e convênios. “ Foi o que ocorreu nesse caso. O contrato acaba e não há dinheiro para renovar com a Casa da Moeda”, desabafou.

Estranho é que a dotação tenha acabado ainda no meio do ano. Ou seja, a destinação orçamentária para esse serviço foi realmente muito pequena. No Brasil é assim: o contribuinte trabalha, paga impostos ( altíssimos, por sinal), e ainda se vê privado de serviços a que deveria ter direito.