Cidadeverde.com

Fazer brotar a árvore do conhecimento

Teresina foi criada. Não nasceu espontaneamente, como outras cidades. Neste fato, talvez, esteja a explicação para a sua vocação de criar: oportunidades, encontros, talentos. E como são muitos os talentos desta cidade que hoje completa 165 anos. Se a sua história ainda é recente, as estórias aqui criadas são incontáveis.

A localização estratégica escolhida pelo Conselheiro José Antônio Saraiva, na região meio norte do Brasil, para favorecer o comércio e a comunicação, acabou atraindo para cá muitas pessoas de diferentes lugares, em busca de mais visibilidade e, consequentemente, mais chances de prosperar na vida. E, assim, prosperam até hoje sonhos e realizações dos muitos filhos aqui nascidos ou para cá transferidos.

A primeira capital brasileira planejada tornou-se o lugar certo para quem tem planos e coragem para executá-los. Sob um sol escaldante, que aquece e ilumina, as luzes da cidade refletem um potencial direcionado ao estudo e ao trabalho. Nossa forma, quem sabe, de compensar a ausência tão sentida da praia que banha outras capitais da região, embora sejamos banhados por dois rios.

Se as belezas naturais próprias do litoral nos fazem falta, por outro lado, nos enche de orgulho surfar na maré sempre positiva da educação. Hoje, abrigamos polos reconhecidos de saúde e educação, com profissionais de excelência e centros formadores de ensino que se destacam no cenário nacional.

E é nisso mesmo que devemos apostar: na boa formação dos nossos alunos, desde o infantário até os cursos de pós-graduação. A boa formação educacional é o melhor e mais promissor caminho para vencermos as adversidades que herdamos. Lapidando as nossas mentes, conseguiremos prosperar cada vez, respeitando o meio ambiente, as pessoas e o espaço urbano. Tudo o mais, vem como consequência. Portanto, neste aniversário, vamos presentear Teresina com a árvore que pode lhe render os melhores frutos hoje e amanhã: a árvore do conhecimento.