Cidadeverde.com

Queimadas ameaçam a saúde da população

Ontem à tarde, um incêndio em área bem próxima ao aeroporto de Teresina assustou passageiros e tripulação dos voos que deveriam decolar naquele horário. E não é para menos. A fumaça atrapalha a visibilidade do piloto em um momento crucial. A brigada de incêndio do aeroporto conseguiu contornar o fogo e evitar maiores problemas.

Passado o susto inicial, fica a lição sobre o perigo que as queimadas, sobretudo nessa época do ano, podem trazer à população. E não apenas na área do aeroporto. O fogo descontrolado destrói a vegetação tão necessária para amenizar nosso clima quente e seco, prejudicando a  qualidade de vida dos moradores. Além disso, pode atingir a fiação elétrica e afetar o fornecimento de energia.

Da mesma forma, o ar poluído é extremamente prejudicial à respiração e, consequentemente, à saúde. Mesmo assim, o ser humano insiste em atear fogo no mato, no lixo, em qualquer parte, sem se preocupar com os efeitos danosos que pode causar. É bom lembrar o que aconteceu no ano passado, justamente nessa época, quando queimadas desordenadas se transformaram em um incêndio de grandes proporções, ameaçando um condomínio residencial na zona leste da cidade.

Nosso Corpo de Bombeiros, apesar de toda a boa vontade da sua corporação, não dispõe de equipamentos suficientes para conter a grande quantidade de incêndios que ocorre costumeiramente no segundo semestre. É a população que tem que tomar a consciência de que o fogo destrói a natureza e a própria vida.