Cidadeverde.com

Piauí tem mais de 300 obras paradas

 

O Piauí tem 320 obras federais paradas no estado por falta de repasse dos recursos financeiros da União. Essas obras são , na maioria, resultados de convênios entre os municípios e os ministérios. Algumas já estão até com os recursos empenhados, porém retidos em Brasília. Os dados são da Confederação Nacional dos Municípios, que somam 152 obras que pararam no meio do caminho e outras 168 que sequer foram iniciadas, apesar de estarem com contratos assinados.

Em dinheiro, o estado contabiliza R$ 33 milhões empenhados ( recursos assegurados pelo governo), mas que não foram liberados.

ATRASO

A retenção dos recursos federais em Brasília por conta da recessão econômica impacta diretamente na vida dos piauienses. Além dos benefícios das obras que deixam de ser feitas para atender a população carente, é mais dinheiro que deixa de circular no mercado local, proporcionando a geração de emprego e renda. Um duplo golpe em um estado já tão castigado pela falta de investimentos.

PICO DA BOLSA

O alento é que a economia já começa a dar sinais mais vigorosos de recuperação. Ontem, a Bolsa de Valores de São Paulo atingiu o pico de mais de 74 mil pontos. Um recorde registrado nos últimos vinte anos.  A euforia dos operadores da bolsa mostra que os investidores estão voltando a acreditar na retomada do ambiente de negócios no país.
Se as novas gravações que o empresário Joesley Batista diz ter em seu poder não voltarem a contaminar o cenário político, é possível que o país finalmente comece a emergir da mais profunda crise em que mergulhou na sua história.