Cidadeverde.com

Câncer de mama é o de maior incidência entre as mulheres

 

Os principais monumentos da cidade já se cobriram de rosa para chamar a atenção  para um problema de saúde pública que, todos os anos, tira a vida de milhares de mulheres no mundo inteiro. O câncer de mama é o de maior incidência em mulheres, excetuando o de pele não melanoma.

O Piauí acompanha a tendência mundial. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer – INCA – em 2016 o Piauí registrou 580 casos. Em todo o Nordeste a taxa é de 38,74 casos por 100 mil habitantes, um número ainda muito alto.

Alguns fatores pesam bastante para o surgimento da doença, com o histórico familiar, a densidade do tecido mamário e a nuliparidade ( mulheres que nunca pariram). Pesa também o sedentarismo, estilo de vida, alimentação e obesidade. Ou seja, alguns fatores independem da nossa vontade; outro, porém, só exigem a determinação para adotar uma nova postura de vida, aliada ao exame preventivo realizado periodicamente.

O cuidado preventivo, no entanto, encontra uma barreira quando se trata da população mais pobre que depende do sistema público de saúde. Os mamógrafos existentes na rede pública são escassos e nem sempre funcionam. O tempo perdido entre a marcação da consulta, a realização do exame, o retorno ao médico e o início do tratamento pode ser vital para salvar uma vida.