Cidadeverde.com

Ousadia maior que a lei

O assalto praticado ontem à noite dentro de um ônibus coletivo na Avenida Miguel
Rosa , zona sul de Teresina, mostra que estamos perdendo a guerra para o crime. Já não há mais hora e local perigosos na cidade. A população corre risco a toda hora e em todo lugar, só ou acompanhada.

Certos de que o braço da lei não os alcança, os bandidos agem livremente, com ousadia  e violência assustadoras. Parece que nada mais os intimida. É a falência do estado como agente responsável por garantir a segurança pública aos seus cidadãos.

A escalada da violência rouba a paz, a saúde, a vida, e afeta até mesmo a economia. Muita gente deixa de circular com medo de assaltos e vai adotando a reclusão na vã tentativa de se proteger dos assaltantes. Mas a vida não pode ser tocada dentro de quatro paredes. E quando é o cidadão que se mantém preso, e não os ladrões, é sinal de que as coisas vão muito mal.

Mais do que mensagens melosas de paz no final do ano, precisamos todos da paz verdadeira, aquela que nos permite circular livremente pelas ruas sem medo de ser assaltados na próxima esquina ou de perdermos  a vida por causa de um simples aparelho de telefone celular.