Cidadeverde.com

Chegamos ao limite do insuportável

É estarrecedor o nível de ousadia a que chegaram os bandidos. E não só no Rio de Janeiro, para onde estão apontados os holofotes no momento. A ação de assaltantes ontem no Piauí chamou atenção pela audácia, em duas abordagens a carros de transporte de valores.  Os assaltantes já chegaram atirando com munição disparada por armas do exército. Cena inimaginável, até algum tempo atrás,pelos piauienses.

A criminalidade chegou ao ponto máximo. Nada parece deter ou intimidar os marginais, ma maioria reincidentes, segundo informações da própria polícia. E este é outro ponto que merece uma reflexão. Não é possível que essa leniência continue a se repetir sob o respaldo da lei, que permite a liberdade a criminosos de alta periculosidade, capazes de explodir até mesmo um carro-forte.

A falta de vagas em presídios não pode mais ser usada como desculpa para colocar presos em liberdade “vigiada” com o uso da tornozeleira eletrônica, já que esta provou-se completamente ineficaz. Aqui mesmo em Teresina, já houve vários crimes praticados por pessoas portando o tal adereço, como se fosse mesmo apenas isso: um simples adereço.

A omissão do estado em apresentar soluções para o problema da violência está fazendo com que a população pague um preço muito alto. Às vezes, com a própria vida. E se este não é um argumento suficientemente convincente para os governantes, é bom lembrar que os prejuízos são também econômicos. Os empresários já pensam duas vezes antes de investir em um lugar no qual não contam com a mínima segurança.