Cidadeverde.com

Controle da hipertensão reduz até 70% das internações cardíacas

A Sociedade Brasileira de Cardiologia divulgou um número preocupante para a saúde pública. 81% dos pacientes que dão entrada no setor de urgência dos hospitais públicos apresentam quadro de pressão alta. A hipertensão arterial é um dos principais fatores de risco para o coração. E embora possa resultar em graves complicações, levando até mesmo à morte, é uma doença fácil de ser prevenida.

Alimentação saudável, prática de atividade física regular, controle da pressão e do estresse são práticas que ajudam a manter o coração saudável.  Além , claro, de manter-se longe do cigarro. Mesmo assim, e apesar de todas as campanhas educativas nesse sentido, ainda há pouco avanço na redução da doença. A SBC registra que, nas últimas três décadas, a diminuição dos casos de doenças cardiovasculares relacionadas à pressão alta caiu de 36,1% para 31%. Uma alteração muito pequena para os padrões desejáveis e necessários.

Talvez a população ainda não tenha compreendido que o controle da hipertensão pode reduzir até 70% das internações por emergências cardiovasculares. E, convenhamos, o que o corpo pede em troca é muito pouco comparado à recompensa para quem cuida bem dele.