Cidadeverde.com

Uma semana positiva para o Piauí

Depois de duas semanas negativas, desencadeadas pela crise de desabastecimento provocada pela greve dos caminhoneiros, e todos os demais efeitos por ela provocados, esta semana inicia com, pelo menos, duas notícias positivas para o governo do estado. A primeira é a inauguração do primeiro VLT – Veículo Leve Sobre Trilhos, no Piauí, que começa a funcionar hoje. A promessa é de que, até o próximo mês de agosto, mais dois trens estejam operando em Teresina. Quando isso acontecer, a estimativa é de que o sistema possa transportar até 1800 passageiros.

É um incremento importante no sistema de transporte público urbano da capital que, hoje, depende basicamente dos ônibus. O primeiro trem, que passa a funcionar nesta segunda-feira, vai fazer um percurso de 12,5 km, ligando a zona sudeste ao centro, em substituição ao antigo metrô de superfície. Um investimento necessário no sistema de mobilidade urbana que, a cada dia, dá sinais de saturação.

Outra notícia aguardada com a máxima expectativa pelo governo é a liberação do esperado empréstimo da Caixa Econômica Federal. Sem dinheiro no cofre para tocar obras, o empréstimo será, como costuma-se dizer aqui no Piauí, a salvação da lavoura. O valor desta parcela equivale a R$ 315 milhões, dinheiro que, segundo o Tribunal de Contas do Estado, deve cair em contas específicas para investimento em obras de infraestrutura. Depois de toda a confusão criada em torno da prestação de contas da primeira parcela, a fiscalização, certamente, será bem mais rigorosa agora. De qualquer forma, é dinheiro que cai em cofres praticamente vazios de um estado que precisa de muitos investimentos. O governo já adiantou algumas obras que deverão ser feitas com esses recursos, como a estrada que leva ao município de Domingos Mourão e a ligação para Morro Cabeça do Tempo, Avelino Lopes e Júlio Borges.