Cidadeverde.com

Machismo piauiense envergonha e mata

Ontem foi um dia particularmente triste para as mulheres do Piauí. Todas nós sofremos com as manifestações de machismo e violência praticados contra mulheres, que demonstram o desrespeito ainda existente pelo sexo feminino.

Em apenas 24 horas, três mulheres foram assassinadas barbaramente por seus companheiros, todas por motivos fúteis, pelo simples fato de que os homens que as acompanhavam se julgavam donos dos seus corpos e de suas vidas. De janeiro até agora, já são 95 mulheres mortas por quem deveria demonstrar-lhes afeto e compreensão. Uma estatística que merece uma reflexão por parte de toda a sociedade, porque é inadmissível que se considere normal tantos crimes em tão pouco tempo, com as mesmas características.

Não menos vergonhoso foi a exibição de um vídeo em que vários homens, entre eles um piauiense, assediavam uma jovem russa com palavras chulas e expressões vulgares, em uma demonstração de preconceito que fere a dignidade humana. A cada mulher destratada, todas nós somos atingidas em nossa essência feminina.

É impressionante constatar que no ano de 2018 do século XXI os homens ainda se comportem dessa forma. Precisamos criar e formar homens educados e preparados para amar e respeitar as mulheres, sepultando de vez esse comportamento das cavernas que já não cabe mais em um mundo civilizado.