Cidadeverde.com

O Ceará está invadindo nossa praia

Ao desembarcar no aeroporto de Teresina, o turista dá de cara com um painel instalado pelo governo do estado do Ceará, enaltecendo as belezas de lá e convidando-o para visitar a região, cujas paisagens são apresentadas em um vídeo exibido no telão que compõe o cenário. Algum desavisado pode até pensar que está chegando a Fortaleza.

Curiosamente, no mesmo aeroporto, que é porta de entrada para quem quer conhecer o Delta do Parnaíba, único em mar aberto nas Américas, com mais de oitenta ilhas paradisíacas, não há qualquer alusão a esse destino. Assim como não há nada que mostre as belezas de Barra Grande, Luìs Correia ou Pedra do Sal. Também não se vê uma só peça promocional da Serra da Capivara, patrimônio da humanidade, localizada no sul do Piauí. A mesma ausência é sentida com relação ao Parque Sete Cidades.

Este simples episódio mostra o quanto temos de aprender com o Ceará, e não apenas no que diz respeito ao marketing. De fato, o estado vizinho sabe promover e criar oportunidade de negócios para incrementar sua economia. E é isto o que temos de fazer. Não dá mais para ficar esperando repasse do Fundo de Participação dos Estados –FPE- como se ele fosse a solução para os problemas do estado.