Cidadeverde.com

Rede social está virando supermercado de medicina

Depois da morte da bancária Lilian Calixto, novos casos de pacientes com problemas decorrentes de cirurgias estéticas estão surgindo diariamente. A polícia do Rio de Janeiro já está investigando a morte de uma modelo de nome Mayara, supostamente em consequência de um procedimento estético mal sucedido.

O Brasil é um dos países que mais realizam cirurgias plásticas no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. E não há problema algum nisso, desde que sejam feitas por profissionais habilitados, dentro de hospitais com estrutura necessária para socorrer o paciente em caso de alguma complicação.

O que ocorre é que a vaidade com o corpo humano chegou ao extremo e os cuidados estéticos tornaram-se uma verdadeira obsessão. O culto ao corpo perfeito está levando as pessoas a se submeterem a qualquer tipo de intervenção, desde que o preço caiba no bolso. Antes de confiar a vida a um desconhecido de jaleco, é preciso pesquisar a referência do profissional junto às entidades médicas, como o Conselho Regional de Medicina ou o Colégio Brasileiro de Cirurgiões.

Sempre haverá mercenários que se autopromovem em busca de clientes. Mas é bom lembrar que rede social não é o melhor lugar para se buscar um profissional de saúde. Aliás, é o último lugar para isso. Melhor mesmo é pedir recomendação de outro médico. Afinal, a vida vale muito mais do que um corpinho sarado e a juventude eterna não passa de mera ilusão.