Cidadeverde.com

TSE confirma presença do Exército em mais 10 municípios do Piauí

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou ontem o envio de forças armadas para mais dez municípios piauienses durante a eleição, no próximo dia 7 de outubro. Até o momento, portanto, o Piauí já sabe que poderá contar com o reforço do exército em 124, dos 224 municípios do Estado, ou seja, mais da metade.

O Piauí, aliás, é o Estado brasileiro com o maior número de municípios a receber o reforço das tropas federais no dia do pleito. Os dez municípios que receberam a aprovação ontem foram: Fronteiras, São Julião, Alegrete do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Piripiri, Brasileira, São Raimundo Nonato, Coronel José Dias, Dom Inocêncio e São Lourenço do Piauí. Ainda estão sob apreciação do TSE os pedidos para outras 24 cidades piauienses.

É preocupante que, para exercer um ato de cidadania dentro de um regime democrático, o Estado precise de presença maciça do Exército Brasileiro. Reflete não só a insegurança em que vivemos, como a falta de estrutura dos órgãos que deveriam garantir a paz e a tranquilidade no Estado, e, ainda, o clima de intolerância e beligerância em que estas eleições estão transcorrendo.

Se até um candidato a presidente da República, sob a proteção da Polícia Federal, foi esfaqueado, é porque a violência parece mesmo fugir do controle em um momento que deveria ser uma grande festa cívica, com a escolha soberana dos nossos representantes. É uma pena que o país e o Piauí, particularmente, tenham chegado a esse ponto.