Cidadeverde.com

O Brasil daqui pra frente

O Brasil amanheceu hoje ainda de ressaca de um dos pleitos mais polêmicos desde a volta das eleições diretas para presidente da República. Eleito ontem, com 55,13% dos votos , o capitão reformado Jair Bolsonaro (PSL) tem agora um desafio gigantesco pela frente. O país está mergulhado em uma divisão que em nada ajuda a reconstrução econômica e social de que necessita. Governar para todos, sem ódio ou rancores, é o primeiro passo.

Ontem à noite, ao se pronunciar, Bolsonaro estava ao lado da Constituição, o que é um bom sinal. E, como que para responder a todas as críticas feitas durante a sua campanha, prometeu defender a democracia, a Constituição e a liberdade. Bom sinal! Tomara que não seja apenas retórica de discurso.

Mais adiante, falou que a liberdade é “princípio fundamental” e que governará para todos os brasileiros. Foi um bom  começo. Pelo menos, teremos sua palavra gravada para cobrar, lá na frente, se a promessa dita no calor da vitória não for cumprida. É bom mesmo que o agora presidente eleito sinalize que o momento é de pacificação, especialmente para os seus próprios seguidores que, muitas vezes, assumem comportamentos exacerbados que só atrapalham a governabilidade e ajudam a espalhar o medo.

É hora de reconstruir a nação, trazendo de volta o sonho de um país próspero, com crescimento econômico e justiça social, com respeito às leis, combate à corrupção e as reformas necessárias ao país.  Esse é o jogo democrático: eleito o presidente, sua vitória é reconhecida, e começa o trabalho para que tudo dê certo. Situação e oposição fazem sua parte de forma responsável e o Brasil segue em frente.