Cidadeverde.com

Troque o medo por esperança

O diagnóstico do câncer costuma ser assustador para quem o recebe. Muito desse sentimento de medo está relacionado ao estigma criado em torno da doença e, também, à falta de conhecimento sobre as formas de tratamento e chances de cura. Sim, é verdade que os números de casos de câncer vêm aumentando ao longo dos anos, em razão do aumento da longevidade e da mudança de hábitos imposta pelo estilo de vida moderna. Mas é verdade também que houve avanços consideráveis no tratamento da doença que, antes, era tida como incurável.

Para ajudar a vencer o preconceito ainda existente, um grupo de oncologistas de Teresina irá realizar uma manhã de esclarecimento com a população no próximo dia 25 de novembro, na praça do 25 BC, chamada Troque o Medo por Esperança. A ideia é trocar informações para ajudar pacientes e familiares a vencer o pavor que normalmente acompanha a notícia de que a pessoas está com câncer.

De acordo com as estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o Brasil deverá registrar cerca de 600mil novos casos da doença, por ano, em 2018 e 2019. Entre eles, os mais incidentes são o de próstata, pulmão, mama feminina, cólon e reto. Só o câncer de próstata, alvo da campanha Novembro Azul, deve afetar 68 mil homens.

Diante de uma incidência tão alta,o melhor a fazer é cercar-se de informações confiáveis sobre prevenção, tratamento e enfrentamento da doença. Com novos tratamentos, como imunoterapia e medicina de precisão, a ciência já apresenta respostas positivas em muitos casos. Estar preparado para encarar a realidade, sem medo e com esperança, é um bom início para começar a virar o jogo.