Cidadeverde.com

Lei obriga prestação de contas sobre obras paradas

Sem muito alarde, o prefeito Firmino Filho sancionou uma lei de extrema importância para a transparência na administração pública, que trata da divulgação, por meio de placas, das informações sobre as obras que estão paralisadas no âmbito do município, com esclarecimentos sobre o motivo da paralisação e a nova data prevista para a conclusão do serviço.

A Lei é de autoria do vereador Deolindo Moura (PT) e serve para  manter o cidadão informado sobre como vai a aplicação do dinheiro que ele paga em impostos. É muito comum observamos obras que se arrastam por um tempo sem fim, sem que se saiba por que está emperrada, quando deveria ser concluída e quando, de fato, deverá ficar pronta. Os motivos são variados, mas o cidadão tem o direito de ser informado.

Há poucos dias, falou-se, aqui mesmo neste espaço, sobre a interminável obra da galeria da zona leste, que se arrasta por mais de cinco anos. Se o teresinense fica sabendo os motivos da lentidão, fica mais fácil aceitar os transtornos causados pela interrupção da obra. Ou, então, cobrar do poder público mais rapidez.

Pena que a lei seja municipal, porque bom mesmo é que ela abrangesse também os governos estadual e federal. O risco era ver tanta placa de esclarecimento, que nem daria tempo de ler todas.