Cidadeverde.com

Ciro Nogueira assume esta semana com muitos desafios pela frente

Agosto chega à gosto do senador piauiense Ciro Nogueira (PP), que esta semana toma posse em um dos mais importantes ministérios do Planalto. Ciro assumirá a Casa Civil, responsável pela articulação com os demais ministérios. Acima de tudo, ele foi escolhido para a pasta para melhorar a articulação do governo federal com o Congresso. E isso acontece exatamente na semana em que recomeçam os trabalhos da CPI da pandemia.

Ciro é um dos ilustres representantes do Centrão. O senador piauiense é conhecido pela sua capacidade de diálogo e livre trânsito entre todos os parlamentares, sejam eles governo ou oposição. Homem educado e pragmático, sabe movimentar-se com desenvoltura em todos os segmentos ideológicos, tanto assim que esteve ao lado dos presidentes, desde Fernando Henrique Cardoso, passando por Lula, Dilma e Temer. Nessa condição, conseguiu alocar recursos para o Piauí e fortalecer seu partido no Estado, elegendo um número considerável de prefeitos na última eleição municipal.

Agora, terá uma missão delicada pela frente. Ele não só irá segurar uma centena de pedidos de impeachment contra o presidente Bolsonaro, mas tentará jogar água fria no caldeirão de fervura em que se transformou a CPI, além de trabalhar para aprovar alguns projetos do governo. Em pelo menos um deles, porém, terá dificuldade, já que ele próprio já se manifestou contrário, antes de ser convidado para comandar a Casa Civil: o que institui o voto impresso. Resta saber como se sairá nesse primeiro embate com o chefe.

Geada na região sudeste eleva o preço do café

A geada nas regiões sul e sudeste registrada nos últimos dias esfriou o tempo e aqueceu o preço do café, uma bebida queridinha dos brasileiros. Os efeitos do gelo afetaram principalmente as fazendas de Minas Gerais, maior produtor do país, e de São Paulo. Resultado: a saca de café de 60kg já está sendo vendida a R$ 1 mil, o dobro do valor comercializado há um ano. As maiores altas foram registradas nas duas últimas semanas.

80% da safra deste ano já foi colhida, o impacto, portanto, só deveria ser sentido na colheita do próximo ano. Mesmo assim, o mercado já embutiu os efeitos adversos do clima no custo do produto, levando ao aumento do preço.

O clima tem provocado reações no corpo e no bolso. Se, por um lado, a geada tem comprometido a safra de alguns produtos agrícolas, como o café, por outro, a escassez de chuva levou o governo a acionar as termelétricas, encarecendo o custo da tarifa elétrica. De todo jeito, o consumidor paga caro pelas consequências das mudanças climáticas provocadas pela ação humana.

Pesquisa mostra que 2ª onda da pandemia foi mais letal que a 1ª

Um estudo publicado na Revista Lancet mostra que a taxa de mortalidade na segunda onda da pandemia no Brasil aumentou em comparação com a primeira, passando de 33,1% para 40,6%. O número de intubados também cresceu. Enquanto na primeira onda, o percentual foi de 78,8%, na segunda chegou a 84%.

De acordo com a pesquisa, o Brasil é um dos países mais afetados pela pandemia da Covid-19. A segunda onda, dizem os pesquisadores, começou na 43ª semana epidemiológica em 2020. Com novas linhagens de vírus circulando no país, a necessidade de testagem e isolamento dos casos, assim como a aceleração da vacinação são fundamentais para conter uma terceira onda que possa levar a retrocessos no processo da retomada das atividades.

Em Teresina, as informações da Fundação Municipal de Saúde apontam para uma pequena melhora no quadro da pandemia. A comparação feita entre a 28ª e a 29ª semana epidemiológica mostra uma redução de 18% no número de mortes e uma queda de 0,6% dos casos confirmados de Covid.

Ontem, foi aberto o agendamento para vacina em pessoas com 39 anos. Enquanto a faixa etária dos 30 anos começa a ser vacinada agora, o Ministério da Saúde já estuda a possibilidade de uma terceira dose ou dose de reforço da Coronavac. A pesquisa será feita a partir da próxima semana, em parceria com a Universidade de Oxford, e deve incluir 1.200 participantes.

Inscrições para o Sisu começam na próxima semana

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada – SISU – começam daqui a uma semana, na próxima terça-feira, dia 03 e vão até o dia 6. São apenas três dias. O SISU é o programa que seleciona os candidatos para ingresso nas instituições públicas de ensino superior com base no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem.

As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no endereço: http://sisu.mec.gov.br Podem se inscrever os alunos que realizaram o último Enem e tenham obtido nota na redação maior que zero e que não tenha participado na condição de treineiro.

No ato da inscrição, o candidato pode fazer a opção por dois cursos. Ele será selecionado de acordo com a nota do Enem, dentro do número de vagas em cada curso, por modalidade e concorrência. A Universidade Federal do Piauí vai oferecer 2.148 vagas em 50 cursos de graduação presencial no Sisu 2021.2, com oportunidade para os campi de Teresina, Picos, Floriano e Bom Jesus.O resultado da chamada regular será divulgado no dia 10 de agosto.

Orquestra Sanfônica faz homenagem especial a Dominguinhos

A Orquestra Sanfônica de Teresina está completando 8 anos e faz hoje uma apresentação especial para comemorar o seu aniversário e , também,o músico pernambucano Dominguinhos, que faleceu há exatos 8 anos. Dominguinhos não só dá nome à orquestra teresinense como é fonte de inspiração para a maioria dos 17 músicos que a compõem.  Para marcar a data, a Orquestra Sanfônica daqui uniu-se à Orquestra Sanfônica do Rio de Janeiro e gravou um vídeo com músicas de Dominguinhos.

O som produzido pela Orquestra Sanfônica é belo, criativo e com forte identidade cultural com a história do Piauí. Regida pelo maestro Ivan Silva, a Orquestra conta com jovens sanfoneiros que se interessam em manter viva essa tradição musical nordestina. Entre eles está Isaac do Acordeon, o garoto que começou a tocar sanfona ainda aos 8 anos. Hoje, já adolescente, ele vem se destacando cada vez mais com o instrumento.

A Orquestra Sanfônica de Teresina é uma das riquezas culturais da capital piauiense e merece todo o reconhecimento pela preservação cultural da música produzida com um instrumento tão peculiar que é a sanfona. O show será fechado por causa da pandemia, mas poderá ser acompanhado pelo canal do youtube da Orquestra, a partir das 19h30.

 

 

Posts anteriores